VOLTAR PARA OS TEMAS

[FYJ] EM - CARTA DE SOLICITAÇÃO - MAIS DIGNIDADE A DOENTES TERMINAIS

CARTA DE SOLICITAÇÃO - EM

CARTA DE SOLICITAÇÃO

EMPATIA E DIGNIDADE A DOENTES TERMINAIS

ID: FYJ 


LEITURAS:

Texto I

https://hospitaldeamor.com.br/site/wp-content/uploads/2020/06/luiza_paciente_video_hospital_de_amor_campanha.jpg


Texto II

A maioria das equipes que trata de pacientes terminais pensa que as preocupações deles se restringem à dor e aos sintomas da doença, o que leva esses profissionais a excluírem do tratamento a dimensão existencial. No entanto (...), há outras preocupações que os atingem (...), como o receio de se tornar uma carga para seus familiares. (...) Rever a vida, resolver conflitos pendentes, e preocupar-se com a situação da família após sua morte são assuntos recorrentes entre diferentes pacientes terminais.

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-863X2006000300012

Texto III

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) (...), os cuidados paliativos consistem na assistência ativa e integral a pacientes cuja doença não responde mais ao tratamento curativo. O principal objetivo é garantir melhor qualidade de vida tanto ao paciente quanto aos seus familiares. Os cuidados paliativos destinam-se a controlar a dor e os demais sintomas, evitando o sofrimento do paciente. Os cuidados paliativos ainda são pouco discutidos, e até negligenciados, em vários países. São necessárias a criação de políticas públicas e a introdução de práticas voltadas ao bem-estar e à qualidade de vida desses pacientes, proporcionando-lhes assistência integral e digna, o tanto quanto possível, até o fim da vida. Cuidar desses pacientes envolve atos de responsabilidade, solidariedade e dedicação, além de competências e habilidades concernentes ao relacionamento interpessoal. 

https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-80422014000300019, com ajustes

Texto IV

Ainda não há muito o que fazer pelo paciente dito terminal. Do ponto de vista psicológico, o estímulo para mecanismos de enfrentamento, os quais o paciente pode ter desenvolvido e utilizado em outras situações difíceis em sua vida, são fundamentais para manter a autoestima e certa estabilidade emocional. Respeitar e estimular a relação que este e seus familiares têm com religião e espiritualidade podem ser essenciais para a experiência paliativa. (...) Não existe um projeto da psicologia hospitalar para que o paciente “morra feliz”, porém existe uma priorização para que, por meio de cuidados fornecidos pela equipe, haja uma morte digna, que pode se traduzir em morrer sem muita dor e com níveis de angústia suportáveis. É importante manter o paciente limpo, apesar de apresentar incontinência esfincteriana, neutralizar odores desagradáveis, aspirar secreções brônquicas, controlar edemas periféricos e pulmonar, prevenir e/ou cuidar das escaras (tão comuns em pacientes acamados), entre outros cuidados.

http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-08582009000100011


Redija uma CARTA DE SOLICITAÇÃO ao Ministro da Saúde, em cuja carta haja o pedido de levar adiante a necessária discussão sobre a empatia a empatia e a dignidade devidas aos doentes terminais. Sugira a ele estratégias eficientes para a conscientização social a respeito do assunto.




CARTA DE SOLICITAÇÃO, como o próprio nome adianta, é um gênero textual cuja finalidade é encaminhar a órgãos públicas ou instituições privadas, solicitações/pedidos de providências, concessões, favores, licenças, prazos e demais situações ou que surgem, geralmente, em meio à comunidade.

Ainda que a estrutura seja maleável, a CARTA DE SOLICITAÇÃO, que pode ser escrita na 1.ª ou 3.ª pessoa do discurso, deve conter, a depender daquilo de que se solicita, basicamente:

. Data e local;

. Identificação da instituição/órgão a que se destina a solicitação;

. Vocativo;

. Referência – antecipação daquilo que se solicita;

. Identificação completa do solicitante/remetente;

. Exposição do fato e pormenorização do motivo da solicitação;

. Fundamentos da solicitação (lei municipal etc.);

. Solicitação (em destaque);

. Agradecimento pela expectativa de atendimento ao que se solicita;

. Despedida – “Atenciosamente”;

. Assinatura;

. Outros elementos e anexos (cópia de documentos, de matérias jornalísticas etc., a depender do caso).