VOLTAR PARA OS TEMAS

EFAF - CARTA ABERTA - ROMPIMENTO DE BARRAGEM EM BRUMADINHO

CARTA ABERTA - EF ANOS FINAIS

CARTA ABERTA

À COMUNIDADE ESCOLAR DE BRUMADINHO

ID: ES2


Textos de apoio

ROMPIMENTO DE BARRAGEM EM BRUMADINHO

O rompimento da barragem de Brumadinho, em 25 de janeiro de 2019, provocou um dos maiores desastres com rejeitos de mineração no Brasil. A barragem de rejeitos classificada como de "baixo risco" e "alto potencial de danos", era controlada pela Vale S.A., e estava localizada no ribeirão Ferro-Carvão, na região de Córrego do Feijão, no município brasileiro de Brumadinho, a 65 km da capital mineira, Belo Horizonte.

O rompimento resultou em um desastre de grandes proporções, considerado como um desastre industrial, humanitário e ambiental, com mais de 150 mortos e 200 desaparecidos, gerando uma calamidade pública. O desastre pode ainda ser considerado o segundo maior desastre industrial do século e o maior acidente de trabalho do Brasil.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Rompimento_de_barragem_em_Brumadinho

Acesso em 17-2-2019, com adaptações.


TRAGÉDIA EM BRUMADINHO

Com uma semana de atraso, Brumadinho volta às aulas e tenta virar a página

Com uma semana de atraso em relação ao calendário escolar original, as escolas públicas de Brumadinho (MG) iniciaram o ano letivo hoje com o desafio não só de ensinar português e matemática, mas também de acolher e funcionar como espaço de recomeço.

Entre mais de 7.000 alunos da cidade, há relatos de crianças que perderam familiares ou convivem com ruas tomadas pela lama que vazou da barragem da Vale há pouco mais de duas semanas.

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2019/02/11/com-uma-semana-de-atraso-brumadinho-volta-as-aulas-e-tenta-virar-a-pagina.htm 


CONTEXTUALIZAÇÃO E COMANDO: Imagine que você seja o diretor de uma escola em Brumadinho/MG, que, diante da tragédia que ocorreu na cidade, e tendo conhecimento de que muitos alunos se recusam a voltar às aulas, resolve escrever uma CARTA ABERTA, destinada a toda a comunidade escolar (alunos, pais, professores, colaboradores). Nesta CARTA você deverá manifestar sua solidariedade às famílias, incentivar os alunos ao retorno às aulas, além de avisar que o material didático e o uniforme serão doados pela escola. Cópias da CARTA ABERTA serão afixadas em lugares estratégicos da cidade de Brumadinho. Escreva de 25 a 30 linhas.


Só para lembrar...

CARTA ABERTA é um gênero textual expositivo, argumentativo e reivindicatório. A principal característica da CARTA ABERTA é permitir que uma pessoa ou uma coletividade exponha, abertamente, suas reclamações e suas pretensões/reivindicações acerca de algo que, normalmente, não alcançou de modo particular – então a necessidade de um apelo “aberto”.


Como fazer uma CARTA ABERTA?

A composição da CARTA ABERTA é maleável. Ainda que não necessariamente nesta sequência, a CARTA ABERTA contém, geralmente, os elementos da carta tradicional, quais sejam: local, data, vocativo, apresentação do remetente, síntese do assunto, discussão e sugestões do remetente para a solução de problemas, frase de impacto/exclamações de ordem (opcional), agradecimento, despedida e assinatura – uma pessoa assina a CARTA em nome próprio e, se for o caso, em nome da coletividade.

A CARTA ABERTA pode ser escrita em 1.ª ou 3.ª pessoa do singular ou do plural. Geralmente, contém título (CARTA ABERTA) e subtítulo, que procura adiantar quem é o remetente, o destinatário e o assunto. Por exemplo:

CARTA ABERTA

DA DIREÇÃO PARA A COMUNIDADE ESCOLAR

SOBRE A VOLTA ÀS AULAS

Boas atividades!

REDIGIR A MAIS LTDA. Copyright © 2021. All rights reserved.