VOLTAR PARA OS TEMAS

[GUC] MODELO ENEM - HOME OFFICE

ENEM

HOME OFFICE

MODELO ENEM

ID: GUC



Texto I

Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o avanço do sistema de trabalho por meio de home office, que cresceu no Brasil devido à pandemia do novo coronavírus, aponta que o trabalho remoto se tornou um novo indicador da desigualdade econômica no país. O levantamento mostrou que 50% dos entrevistados da classe A estão em home office. Na classe E, a mais baixa, apenas 20% conseguiram trabalhar de casa. As estatísticas mostradas por regiões também destacam a desigualdade econômica já existente no país. A região Sudeste e Sul, por exemplo, regiões mais prósperas apresentaram respectivamente 13% e 9% da população ocupada trabalhando em casa. Já as regiões Norte e Nordeste, 4% e 7,8% estavam em home office. Com a pesquisa notamos que o home office não é mesmo para qualquer um. Ele é mais possível para determinadas ocupações, setores e para as classes mais privilegiadas, como trabalhadores formais qualificados, especialmente os que têm curso superior completo. Os dados do IBGE apontam que 6,1 milhões, quase 73% do total, concluíram o ensino superior ou uma pós-graduação. Além do fator de instrução, pesquisadores do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) reforçam que a região Sudeste se destaca no trabalho remoto por ter uma estrutura de rede mais ampla e conexões mais ágeis. E mais, pela região concentrar empresas mais sofisticadas e ter mais trabalhadores qualificados do que o Norte e Nordeste. Para essas regiões, Norte e Nordeste, o número de emprego informal é maior, e as pessoas têm ocupações mais difíceis de serem exercidas em casa, pois são ambulantes no comércio de rua, prestadores de serviços na agricultura, empregadas domésticas, entre outros que precisam estar no local para desenvolver essas atividades. Por isso não são beneficiados com a possibilidade do home office.

NOGUEIRA, Ellen. Disponível em: https://kpacit.com.br/noticias/home-office-se-tornou-um-novo-indicador-de-desigualdade-economica-no-brasil/#:~:text=Segundo%20uma%20pesquisa%20do%20Instituto%20Brasileiro%20de%20Geografia,um%20novo%20indicador%20da%20desigualdade%20econ%C3%B4mica%20no%20pa%C3%ADs. Acesso 14.jun. 2022.



Texto II





https://exame.com/carreira/vantagens-desvantagens-home-office/. Acesso em 14.jun.2022.



PROPOSTA DE REDAÇÃO: A partir do material de apoio e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo, em norma padrão da língua portuguesa, sobre o tema: “O home office e a interferência das tecnologias nas relações de trabalho”. Apresente a proposta de intervenção social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de maneira coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.