VOLTAR PARA OS TEMAS

[GLV] EM - EDITORIAL - MODELO UFU - PANDEMIA E MEMÓRIA COLETIVA

UFU - EDITORIAL

PANDEMIA, COMPORTAMENTO E MEMÓRIA COLETIVA

MODELO UFU – EDITORIAL

ID: G



Suponha que você seja o editor-chefe de uma revista de grande circulação e, diante das matérias divulgadas na sociedade sobre a pandemia da Covid-19, é motivado a escrever o EDITORIAL do próximo número da revista. O editorial deve defender a posição do jornal quanto ao seguinte tema: “Pandemia, comportamento e memória coletiva”.

O texto deverá apresentar clareza, objetividade, coerência, coesão e consistência argumentativa. Além disso, deverá ser redigido em padrão formal e tomar como referência leitores escolarizados.


Leia com atenção todas as instruções:

* Se for o caso, dê um título para sua redação. Esse título deverá deixar claro o aspecto da situação que você pretende abordar.

* Se a estrutura do gênero exigir assinatura, escreva, no lugar da assinatura, JOSÉ ou JOSEFA.

* Em hipótese nenhuma escreva seu nome, nem pseudônimo, nem apelido.


Editorial é um artigo jornalístico que apresenta uma análise e, de um modo geral, uma opinião sobre uma notícia de grande relevância. Trata-se de um comentário, geralmente publicado em destaque nas primeiras páginas de um jornal ou de uma revista, que reflete a linha ideológica e a posição do editor ou da comunidade editorial relativamente ao assunto tratado.


Orientações e características:

1. Escrito na 3.ª pessoa.

2. Deve conter: introdução, desenvolvimento e conclusão.

3. Obediência à variedade padrão da língua.

4. Emprego dos verbos no presente do indicativo.

5. É fundamental que haja referência ao veículo de comunicação representado pelo editorial ao longo do texto: no mínimo, uma ocorrência.

6. Utilize trechos dos textos motivadores, parafraseando-os.

7. Não copie fragmentos do texto motivador.



Texto I

(SÃO PAULO, FOLHAPRESS) Não é simples estimar qual será o impacto da pandemia de Covid-19 na memória coletiva e no comportamento das pessoas em questões como o uso ou não de máscaras nas próximas décadas. As circunstâncias nas quais a doença emergiu, que incluem informações e fake news em tempo real e a ascensão da extrema-direita no mundo todo, podem acabar tendo efeitos contraditórios, avaliam pesquisadores. Isso pode ocorrer tanto para exacerbar quanto para minimizar o peso histórico do avanço do vírus. (...) Não está claro até que ponto a memória do que aconteceu nestes anos de pandemia vai ser capaz de marcar a consciência histórica das próximas gerações. "Se nem os horrores da 2.ª Guerra Mundial conseguiram mudar a forma de as pessoas viverem em sociedade, não dá para dizer que a Covid-19 teria esse efeito", diz a historiadora Beatriz Kushnir, do Programa de Pós-Graduação em Gestão de Documentos e Arquivos da Unirio. Por outro lado, a experiência de enfrentar uma doença desconhecida é algo que a maioria das sociedades do século 21 ainda não tinha experimentado. "Em 1918, na época da gripe espanhola, as pessoas morriam de doenças infecciosas o tempo todo, então havia uma certa familiaridade com isso. Já a Covid mudou a vida de todos, por muito tempo, e isso não vai ser esquecido", afirmou John Barry, historiador americano, à revista Scientific American.

LOPES, Reinaldo José.

https://esportes.yahoo.com/noticias/impacto-no-uso-futuro-m%C3%A1scaras-094000745.html.

Adaptado.

Acesso em 18.abr.2022.



Texto II

O sentimento de “o pior já passou” em relação à Covid-19 é uma realidade. Porém muitas incertezas ainda persistem sobre a vida – e o consumo – pós-pandemia. (...) De modo geral, pode-se dizer que os principais parâmetros para a identificação dos novos grupos de consumidores são: a polarização econômica (a pobreza se agravando para alguns, menos para uma minoria), a nova configuração do trabalho (com destaque para o sucesso das jornadas híbridas), o prolongamento do isolamento social e a instabilidade política em todo o mundo.

Carolina Soares, Julia Busch/Fevereiro de 2022.

https://www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/tendencias-de-consumo/tendencias-de-comportamento/tendencias-consumo-pos-pandemia/.

Adaptado.

Acesso em 18.abr.2022.



Texto III

Memória individual: são as impressões particulares sobre os fatos, compostas de detalhes e sequências que organizamos ao recordarmos.

Memória coletiva: são as impressões e registros de memória significativos para um conjunto de pessoas, porque fazem parte das histórias de vida deste grupo e compõem sua identidade.

http://www.editora.puc-rio.br/media/ebook_historias_de_vida_e_memoria_social/cap02/cap02-part03.html. Acesso em 18.abr.2022.