BLOG



t

Inscrições Enem 2018 – de 7 a 18 de maio

Provas: 4 e 11 de novembro

De “Viver e aprender” a “Desafios para a formação educacional dos surdos no Brasil”, temas de redação da primeira e da última edições, o  Enem comemora, em 2018, 20 anos.

De lá para cá…

Sem dúvida, ao longo desses 20 anos, as provas amadureceram, o que tornou o Enem o maior sistema de seleção para o ingresso de novos alunos em mais de 500 universidades públicas e privadas do país.

Em 1998, marco inicial do Exame Nacional do Ensino Médio, houve a adesão de apenas duas universidades, com um total de 157 mil candidatos. Hoje, mais de 500 universidades públicas e privadas aderiram ao Enem, que contou, em 2017, com 6,7 milhões de candidatos inscritos em 2017.

Atualmente, as notas do Enem são aceitas por todas as universidades, centros e institutos federais de educação, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), que ainda oferece vagas em algumas universidades estaduais. Soma-se a isso o fato de o Enem também dar acesso a bolsas de estudo e financiamento em instituições privadas de ensino.

Como?

ProUNI: Aos candidatos de baixa renda familiar que ainda não têm um diploma de nível superior, segundo a classificação por meio da nota do Enem, são concedidas bolsas integrais ou parciais em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos), ação afirmativa do Governo Federal.

Fies: O Fundo de Financiamento Estudantil é um programa assistencialista do Governo Federal. Estudantes matriculados em cursos superiores em instituições privadas podem recorrer ao financiamento, nos moldes da Lei 10.260/2001, sem juros ou com juros bem mais baixos do que os praticados regularmente pelas instituições financeiras.

R$82, até 23 de maio, em agências bancárias, Correios e lotéricas: Mesmo os candidatos que pediram isenção da taxa de inscrição do Enem devem fazer a inscrição. Para isso, é preciso que o candidato apresente o CPF (Cadastro de Pessoa Física) e do DI (Documento de Identidade), além de criar uma senha. É preciso, ainda, que o candidato informe um endereço de e-mail válido e um número de telefone fixo ou celular, que serão utilizados para enviar informações sobre o exame.

Onde fazer o Exame? No ato da inscrição, deve ser indicado o município onde o candidato queira fazer as provas.

E o idioma? O candidato deve também declarar em qual idioma pretende fazer a prova – português, inglês ou espanhol.

E o comprovante de inscrição? 

O cartão de confirmação, que contém o número de inscrição, pode ser acessado na página do participante. Não é necessário imprimi-lo. Basta informar o CPF e a senha.

O acompanhamento da inscrição também é feito na página do participante – basta informar o CPF e a senha escolhida pelo candidato.

Atendimento especializado: 

Durante o período das inscrições, é possível solicitar o atendimento especializado, que é garantido a pessoas com algum tipo de deficiência, dislexia, discalculia, autismo e/ou TDH.

Atendimento específico: Mulheres gestantes e lactantes podem solicitar o atendimento específico para amamentarem durante as provas. Esse pedido também deve ser feito no período de inscrições. No dia do Enem, é necessário levar um adulto para ficar com a criança enquanto faz a prova. A apresentação de atestado médico é obrigatória tanto para o atendimento especializado quanto para o específico.

Inscrição para transexuais e travestis: 

Caso o candidato identifique-se com um gênero diferente do que consta no CI e no CPF, ele pode solicitar o atendimento pelo nome social nos dias do Enem.

As inscrições podem ser feitas pela internet, na página do participante.

Mais informações, no Guia do Participante Enem.

#boralá

Inscrições no Enem começam dia 7 e vão até 18 de maio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


logo