USO DE AGROTÓXICOS

MODELO ENEM

ID: EM9


A partir do material de apoio e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo, em norma padrão da língua portuguesa, sobre o tema: “A questão em torno do uso de agrotóxicos no Brasil contemporâneo”. Apresente uma proposta de intervenção social que respeite os valores humanos. Selecione, organize e relacione, de maneira coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.


Texto I


Texto II

O uso de agrotóxicos e o seu impacto na saúde e no meio ambiente configuram um problema para o Brasil, o terceiro maior consumidor do produto no mundo. Também conhecidos como defensivos agrícolas, os agrotóxicos são substâncias químicas utilizadas há décadas para combater pragas e doenças nocivas à produção agropecuária. Nos seres humanos, esses produtos representam a terceira maior causa de intoxicação no Brasil. Os trabalhadores rurais são as maiores vítimas. Segundo o Programa de Vigilância da Saúde das Populações Expostas a Agrotóxicos, da Universidade de Campinas (Unicamp), 1,5 milhão de trabalhadores rurais estão intoxicados no campo. Conforme o estudo, faltam fiscalização e capacitação no emprego desses produtos no campo. Para o consumidor, o perigo está no prato. No meio ambiente, os agrotóxicos contaminam o solo e a água, e atingem os animais. Os estados que mais consomem o produto são Paraná, São Paulo e Mato Grosso.

https://www.senado.gov.br/noticias/jornal/cidadania/agrotoxicos/not001.htm


Texto III

O Brasil é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo em números absolutos. Mas perde para o Japão, a União Europeia e os Estados Unidos, quando são levadas em conta duas variáveis: a quantidade de alimento produzida e a área plantada. Nesses casos, a aplicação de veneno pelo país é proporcionalmente menor. A agricultura brasileira usou 539,9 mil toneladas de pesticidas em 2017, segundo os dados mais recentes do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama).

https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2019/05/27/brasil-usa-500-mil-toneladas-de-agrotoxicos-por-ano-mas-quantidade-pode-ser-reduzida-dizem-especialistas.ghtml


Texto IV

Os alimentos orgânicos não apresentam vantagens em relação aos convencionais, mas se tornaram moda graças a uma campanha de desinformação orquestrada por interesses econômicos. É isso o que defende o jornalista Nicholas Vital (...). “Minha ideia não é convencer ninguém; é só mostrar a importância desse insumo, o remédio das plantas, para que cada um tire suas conclusões. Quero levar informação para as pessoas para que elas não se informem com o marketing do medo que a gente tem visto.”, diz o jornalista. Ao longo de dois anos, Vital reuniu estudos e entrevistou especialistas de diversas áreas para rebater a ideia de que o uso de agrotóxicos na agricultura faz mal (...). Segundo ele, os casos de intoxicação no campo acontecem pelo não uso de equipamentos de proteção individual, e a contaminação nos alimentos se deve à utilização de forma errada dos defensivos. (...) Ao longo de uma hora, Vital fez críticas à cobertura da imprensa sobre o tema, dizendo que números são apresentados sem contextualização. Como exemplo, citou matérias que exploraram o fato de o Brasil ser o maior consumidor de agrotóxicos no mundo. “O Brasil é o único grande produtor de alimentos que faz agricultura tropical. Temos a vantagem de termos até três safras por ano, mas as pragas também têm comida 365 dias por ano”, defende Vital.

https://oglobo.globo.com/sociedade/jornalista-defende-uso-de-agrotoxicos-na-producao-de-alimentos-22142731