PROPOSTA DE REDAÇÃO – A 4ª REVOLUÇÃO INDUSTRIAL  
 
MODELO MINISTÉRIO DA DEFESA – COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE ENSINO DA AERONÁUTICA
 
TEXTOS DE APOIO
 
Texto I
O mundo industrial está às vésperas de viver mais uma revolução. O digital começa a se unir à realidade, através da área da TI e da comunicação que trabalham juntas para transformar processos industriais tradicionais, alterando as várias áreas de produção. É a chamada Indústria 4.0. O objetivo da Indústria 4.0, um ambicioso projeto alemão de alta tecnologia, é promover a automatização da manufatura. Com essa automatização, o governo alemão seria capaz de criar fábricas inteligentes (Smart Manufacturing) caracterizadas por uma intensa capacidade de adaptação, eficiência dos recursos e ergonomia, além da integração de clientes e parceiros em processos de negócios e de valor.     

http://blogbrasil.comstor.com/industria-4-0-a-proxima-revolucaoindustrial

 
Texto II
"Estamos a bordo de uma revolução tecnológica que transformará fundamentalmente a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Em sua escala, alcance e complexidade, a transformação será diferente de qualquer coisa que o ser humano tenha experimentado antes", diz Klaus Schwab, autor do livro "A Quarta Revolução Industrial", publicado em 2016.   A industrialização mudará de uma maneira radical e, com ela, o universo do emprego. Os "novos poderes" da transformação virão da engenharia genética e das neurotecnologias, duas áreas que parecem misteriosas e distantes para o cidadão comum.   No entanto, as repercussões impactarão em como somos e como nos relacionamos até nos lugares mais distantes do planeta: a revolução afetará o mercado de trabalho, o futuro do trabalho e a desigualdade de renda. Suas consequências impactarão a segurança geopolítica e o que é considerado ético.   "Há três razões pelas quais as transformações atuais não representam uma extensão da terceira revolução industrial, mas a chegada de uma diferente: a velocidade, o alcance e o impacto nos sistemas. A velocidade dos avanços atuais não tem precedentes na história e está interferindo quase todas as indústrias de todos os países", diz o Fórum.   Também chamada de 4.0, a revolução acontece após três processos históricos transformadores. A primeira marcou o ritmo da produção manual à mecanizada, entre 1760 e 1830. A segunda, por volta de 1850, trouxe a eletricidade e permitiu a manufatura em massa. E a terceira aconteceu em meados do século 20, com a chegada da eletrônica, da tecnologia da informação e das telecomunicações.   Agora, a quarta mudança traz consigo uma tendência à automatização total das fábricas - seu nome vem, na verdade, de um projeto de estratégia de alta tecnologia do governo da Alemanha, trabalhado desde 2013 para levar sua produção a uma total independência da obra humana.

http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2016/10/o-que-e-a-4a-revolucao-industrial-e-como-ela-deve-afetar-nossas-vidas.html

 
PROPOSTA DE REDAÇÃO: A partir do material de apoio e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o tema:


“A 4ª Revolução Industrial e os impactos socioeconômicos no Brasil e no mundo.”  


 
Atenção à grade de correção, conforme Edital do Ministério da Defesa – Comando da Aeronáutica – Departamento de Ensino da Aeronáutica (Acesse-a em Conteúdos de Apoio).

 
Será atribuído o grau 0 (zero) à redação:  fora da tipologia textual ou tema proposto - dissertação argumentativa;  que não estiver em prosa;  com número inferior a 100 (cem) palavras (consideram-se palavras todas aquelas pertencentes às classes gramaticais da Língua Portuguesa);  com número inferior a 15 (quinze) linhas;  com marcas que permitam a identificação do autor;  escrita de forma ilegível ou cuja caligrafia impeça a compreensão do sentido global do texto;  escrita em outro idioma, que não seja o português;  escrita a lápis (total ou parcialmente) ou com caneta que não seja de tinta azul ou preta; e  cujos descontos (por erros) somem valores superiores ao grau 10,0000 (dez).